Áreas de Atuação

Câncer de Próstata



O câncer de próstata é o tumor maligno mais frequente no homem (excetuando-se apenas os tumores de pele). Estima-se que até um em cada 6 homens irá desenvolver a doença ao longo da vida. Sua incidência aumenta após os 50 anos de idade. O aumento da expectativa de vida observado nas últimas décadas associado às melhorias dos métodos para detecção destes tumores resultou no aumento da incidência e prevalência da doença neste período. Os principais fatores de risco identificados são a idade e a presença de familiares em primeiro grau acometidos pela doença. Não há nenhuma estratégia preventiva cientificamente comprovada para reduzir o risco de desenvolver câncer de próstata, porém estudos apontam um potencial preventivo através da adoção de um estilo de vida saudável. Entende-se por estilo de vida saudável evitar o tabagismo, realizar atividades físicas regularmente, combater a obesidade, consumir regularmente frutas e verduras frescos, preferir o consumo peixes ao invés de carne vermelha.

Muitos destes tumores apresentam evolução indolente, ou seja, uma lenta evolução ao longo dos anos. Entretanto, em alguns casos, o tumor é de evolução rápida e bastante agressiva. Neste sentido, nem sempre é uma tarefa simples definir quais pacientes apresentam uma doença mais agressiva e que necessitam, portanto, de um tratamento mais agressivo. Muitas novidades têm sido incorporadas à prática clínica neste campo nos últimos anos e o arsenal diagnóstico, prognóstico e terapêutico é cada vez mais amplo.